Pages

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Prefeito Zé Vieira tem suspensa condenação por improbidade administrativa e chances de permanecer no cargo aumentam

Denuncias, Sugestões e Criticas Envie ao Blog Através Twitter  Facebook e  WhatsApp (99) 98841-3337 ou (99) 98454-3991

A soberania popular deverar prevalecer e Zé Vieira deverar permanecer no cargo ate o fim do mandato

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará mais nove sessões exclusivas, na quinta-feira (8), sexta-feira (9) e sábado (10), destinadas ao julgamento conjunto das três ações que pedem a cassação da chapa presidencial Dilma Rousseff e Michel Temer.

O julgamento teve início na terça-feira (6).

Já na próxima semana é previsto que o pleno volte a analisar os recursos eleitorais referentes às eleições municipais ocorridas em outubro de 2016, como o que trata da candidatura de Zé Vieira (PP), que concorreu e venceu a disputa para prefeito de Bacabal mesmo estando com seu pedido de registro de candidatura negado em duas instâncias (13º Zona Eleitoral e Tribunal Regional Eleitoral).

O julgamento do recurso ainda não tem data para ocorrer, mas, é certo, que não tardará a ser incluído na pauta.

Enquanto isso, a assessoria jurídica do atual prefeito vem lutando e conseguindo reverter algumas condenações alegadas no indeferimento do registro de sua candidatura.

Na noite desta quinta-feira (7), por exemplo, o site do Supremo Tribunal de Justiça divulgou decisão abaixo que trata da obtenção de efeito suspensivo das sanções de improbidade administrativa que pesam sobre Zé Vieira.

Com isso, é cada vez mais sólida a possibilidade do prefeito de Bacabal reverter no TSE o indeferimento do registro de sua candidatura, fazendo assim, com que ele exerça, até o dia 31 de dezembro de 2020,  mandato dado pela vontade soberana do povo bacabalense.

0 comentários: