Pages

sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Aumento de Impostos Vira Emenda para Deputados do Maranhao ???

Assim foi dito pelo deputado Edilázio Junior em um de seus encaminhamentos da tribuna… Caso isso tenha ocorrido é uma VERGONHA, haja vista que foi o contribuinte que colocou os deputados estaduais na Assembléia Legislativa para representá-lo.
Ir contra os anseios do povo em detrimento de vantagens pessoais é algo repugnante, asqueroso e nojento, pois deveriam ter a consciência de que estão surrupiando o dinheiro do povo através de um aumento de imposto inconstitucional e que fora baseado em leis inexistentes.
Usar do dinheiro do contribuinte para cooptar deputados para ir contra ao próprio contribuinte mostra os porquês da rejeição da classe política atualmente… Como gostaria que isso fosse apenas um engano do deputado Edilázio Junior.
Falou-se em colapso financeiro caso não fosse aprovado as pressas e de afogadinho essa imoralidade, mas como, se o governo inflou a folha de pagamento, contraiu diversos empréstimos? Não subestimem a inteligência alheia!!!
Vale ressaltar que o governo Flávio Dino já havia incrementado o ICMS em outra ocasião, cujos resultados foram de aumento do imposto.
Por outro lado, o deputado Junior Marreca, que faz parte da Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização, da Câmara dos Deputados, afirmara que o estado do Maranhão foi amplamente contemplado no orçamento federal para 2017.
Foi divulgado, ainda, que o FPE do Maranhão teve um aumento de 2015 para 2016… Cadê o dinheiro que era para está aqui?
Sequer aceitaram emendas dos deputados Max Barros e Adriano Sarney.
Mas para que os maranhenses saibam os deputados que votaram contra esse abuso, vão aqui aqueles que votaram com o povo: César Pires, Edilázio Júnior, Adriano Sarney, Andrea Murad, Eduardo Braide, Sousa Neto, Max Barros e Wellington do Curso.
Agora vejam a relação dos deputados que votaram a favor dos anseios do governador Flávio Dino: Ana do Gás, Bira do Pindaré, Cabo Campos, Carlinhos Florêncio, Levi Pontes, Edivaldo Holanda, Edson Araújo, Fábio Braga, Fábio Macedo, Francisca Primo, Graça Paz, Hemetério Weba, Junior Verde, Léo Cunha, Othelino Neto, Marco Aurélio, Rafael Leitoa, Ricardo Rios, Rigo Teles, Roberto Costa, Rogério Cafeteira, Sérgio Frota, Stênio Rezende, Valéria Macedo, Vinícius Louro e Zé Inácio.
Que esses se justifiquem diante do contribuinte e digam se realmente houve a troca do voto favorável a esse absurdo contra o povo por uma emenda!!!

0 comentários: