Pages

sábado, 25 de julho de 2015

Solidariedade define estratégia política para 2016

O partido Solidariedade começou uma série de reuniões internas com executivas municipais e comissões provisórias no sentido de construir a estratégia política de 2016. As reuniões estão sendo realizadas em várias regiões do estado, com uma definição clara de que pretende ser um veículo para os novos movimentos políticos que lutam por renovação política no Maranhão.
O Solidariedade é um partido oriundo de uma base de trabalhadores e movimentos sindicais criado a menos de dois anos, mas com um bom resultado eleitoral nas últimas eleições, pois alcançou quase 100 mil votos para deputado federal e elegeu Levi Pontes para deputado estadual.
Atualmente a sigla vê alguns de seus dirigentes, que tiveram a chance de dirigir um partido pela primeira vez serem cooptados por outros partidos. No entanto, a direção do Solidariedade entende que este movimento seja natural.
“É normal que isso aconteça. O partido teve pouco tempo para construir a nominata que disputaria a eleição de 2014, alguns se aproximaram do partido visando participar do governo Flávio Dino, pois era visível o resultado da eleição. Quem só acredita em eleição pela força da máquina sempre busca os velhos caminhos, se distanciando do sentimento das ruas e apostando que só com a máquina pública pode construir os caminhos para chegar ao poder”, disse Aurélio do Carmo Pinheiro, Presidente da Comissão Provisória de São Luís em exercício.
Levi Pontes acredita numa construção híbrida da estratégia política para 2016. “O Maranhão deu importante passo para a renovação política com a eleição do governador Flávio Dino, mas há líderes importantes e responsáveis nos municípios que merecem continuar recebendo apoio do Solidariedade. É hora de continuar o trabalho iniciado em 2014”, disse o deputado.
A reunião contou com a presença do Presidente da Força Sindical e do Movimento Sindical do Solidariedade, Frazão Oliveira; dos representantes dos municípios de Mirinzal Luzivaldo Soares; de Santa Rita Antônio de Felipe e de Barreirinhas Rogério Chaves.
O Presidente Estadual do Solidariedade, atualmente ocupando a Secretaria de Indústria e Comercio, Simplício Araújo, defende que o partido valorize quem aposta na sigla desde que ela nasceu e deseja que o partido seja uma via de debate para a construção de uma massa de políticos nos municípios, dando oportunidade para novas lideranças.
“O Solidariedade está disponível para discutir com novos nomes, com movimentos estudantis, sindicais e empresariais a possibilidade de colocar nas prefeituras e casas legislativas representantes com base e compromissos com a renovação política que o Maranhão precisa” afirmou Simplício Araújo.

0 comentários: