Pages

domingo, 21 de junho de 2015

Lago Verde Sucessão de 2016

Do blog Lago em Foco
É bem maior do que se imagina o número de aspirantes a vestir o fardão de candidato a prefeito de Lago Verde. Além dos nomes conhecidos e já pré-candidatos assumidos, um número expressivo – e que cresce a cada dia – dos que sonham sentar-se na cadeira principal do Palácio Joaquim Pinto de Oliveira. São políticos que buscam dá um passo à frente na disputa, mesmo que para isso “derrube” o oponente.
Uns têm situação partidária definida, outros nem tanto e alguns nem isso têm. Entre esses estão alguns que podem surpreender como surpreendeu o atual prefeito Raimundo Almeida (PP) em 2008, ano em que o mesmo era vereador, fez oposição e derrotou o ex-prefeito Chico Coco, hoje inelegível por conta da lei Ficha Limpa.
Na ordem: Vereador Burrego, Franklin Oliveira, Alessandro Lopes, vice-prefeito Randolfo Oliveira e Josué Alves

No primeiro time de pré-candidatos figuram nomes como o Vereador Burrego (PP), Vereador Franklin Oliveira (PDT), Vereador Alessandro Lopes (PRTB), o vice-prefeito Randolfo Oliveira (PDT) e o funcionário público estadual Josué Alves (PSD) que  são alguns dos nomes que fazem parte da base aliada e dão sustentação ao atual prefeito Raimundo Almeida. Que já está em seu segundo mandato consecutivo, não podendo disputar uma nova reeleição. “Poderá” sair daí o nome que irá herda parte do grupo do “Calango”, mascote usado por Almeida em suas disputas para prefeito de Lago Verde. Bem verdade que alguns dos nomes citados nesse primeiro time, não declararam oficialmente sua intenção de disputar a cadeira do executivo municipal, mas como toda farinha de angu tem caroço, ninguém nunca desmentiu o fato, prova disso são as constantes conversas de bastidores que são ventiladas por seus respectivos correligionários mais afoitos.
Na ordem: Vereador Oliveira, Presidente da Colonia de pescadores Z-70 Lalita, Vereador Jackson, ex- vereador Marlon Costa e Erica Revil

O segundo time é time dos que figuram declaradamente na oposição, que mesmo não tendo uma liderança única, é dividida pelos seguintes nomes: Vereador Oliveira (PPS), Lalita da Colônia de Pescadores (PRB), Erica Revil (PTB), Marlon Costa (PTC) e Vereador Jackson Lima (PSB). Onde todos já demonstraram interesse na disputa e de forma aberta vem se manifestando junto ao eleitorado.
Com exceção de Erica Revil, todos apresentaram candidatos nas eleições de 2014 e se consolidaram para a disputa em 2016, mesmo assim Erica, esposa do ex-prefeito de três mandatos Luis Revil não descarta a possibilidade de ser mais uma vez candidata do seu grupo.
Dos candidatos citados nesse segundo time, Marlon Costa (PTC) poderá ver seu sonho de governar o executivo municipal mais uma vez adiado em 2016. Isso porque o mesmo tem “alguns” processos em tramitação na justiça, principalmente em relação as suas prestações de contas referentes ao período em que foi presidente da Câmara de vereadores de Lago Verde, que se confirmado alguma irregularidade poderá leva-lo a esbarra-se na lei ficha limpa, lei que vem assombrando alguns políticos brasileiros.
Na ordem: Jesus Coco, Gedian Macedo e Edinaldo Rodrigues
Já no terceiro time podemos citar alguns nomes que não são declarados oposição ou situação, são os chamados terceira via, e que assim como os demais buscam lugar ao sol na corrida rumo a prefeitura de Lago Verde. São eles: Jesus Coco (PMDB), Edinaldo Rodrigues (PHS) e Gedian Macedo (partido desconhecido).
Jesus Coco (PMDB), irmão do ex-prefeito Chico Coco já está em campo, o mesmo diz ter o apoio incondicional do Senador João Alberto (PMDB), dos nomes que figuram na terceira via é o que mais tem corrido nesse propósito, não se sabe ao certo se ira até o fim, mas tem feito sua parte na corrida rumo à prefeitura.
Edinaldo Rodrigues ( PHS) embora tenha entrado de cabeça na campanha de 2014 apoiando Carlinhos Florência para estadual e Zé Carlos para federal, tem dado uma  esfriada quanto a sua pretensão rumo a prefeitura municipal, já não se fala mais em seu nome em rodas de conversas, e político que não é lembrando, dificilmente emplaca.
Já na terceira via o destaque é do jovem Gedian Macedo, filho do município, oriundo do povoado Alto do Fumaça, Gedian tem buscado se consolidar, embora não seja fácil, principalmente para quem está entrando agora na corrida, o jovem Gedian poderá surpreender, poderá ser ele o divisor das águas do contexto político em 2016. Isso por que na política como dizem os mais experientes, “só não se ver é boi voar”...
De uma coisa temos certeza, dos treze nomes que  demostraram interesse em o ser o próximo prefeito de Lago Verde, poucos irão até o fim. Mas esse é o cenário do momento, podendo claro mudar, inclusive os nomes dos possíveis pré-candidatos Só o  tempo dirá quem vai mesmo entrar na briga ou recolher as armas.

0 comentários: