Pages

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Sociedade Unida Contra Criminalidade se Reúne com Autoridades em Lago Verde


A sociedade civil organizada em parceria com a iniciativa publica e Policia Militar se reuniu nesta quarta-feira (27) para discutir e analisar os últimos acontecimentos que vem surgindo em Lago Verde. 



A falta de segurança esta assustando a sociedade somente na ultima semana dois assaltos e varias outras tentativas foram registradas na sede do município.

No evento varias pessoas usaram da palavra entre elas o comandante do destacamento local Sargento Soeiro, que pediu empenho da sociedade no que diz respeito as denuncias e informações para melhoria do desempenho dos militares.



O editor deste espaço uso a palavra para solicitar dos lagoverdense que criassem uma especie de abaixo assinado para ser enviado ao governador Flavio Dino sobre o baixo numero de policiais existentes em Lago Verde, falou ainda da quantidade excessiva de pontos de drogas que existe na sede do município.



O idealizador da reunião "Oliveira" cita alguns receios da sociedade que não podem mais deixar seus filhos nas ruas por conta da grande falta de segurança e o aumento abusivo da violência local, vamos nos manter unidos para que possamos juntos erradicar este problema, finaliza o idealizador do evento.



O vereador Burrego representou o chefe do executivo municipal e se colocou também a disposição da coletividade no que for possível para continuar mantendo a ordem e os bons costumes da pacata cidade de Lago verde.



Para o ex-vereador e comerciante R. Castro a saída do problema seria a classe empresarial formar uma especie de consorcio para contratar alguns seguranças particulares, já que a segurança publica do estado não esta dando para manter o equilíbrio.




O objetivo principal dos comerciantes é erradicar totalmente os índices de violência e o consume e comercialização de drogas, sendo assim alem dos militares presentes, esteve também membros do corpo de bombeiros e diversas outras autoridades e com certeza alguma providencia será tomada por por parte do poder público


0 comentários: