terça-feira, 30 de setembro de 2014

Debate dos Principais Candidatos a Governador do Maranhão Hoje (30) na Mirante


Prefeito Raimundo Almeida Prepara Recepção a Lobão Filho Para Esta Quarta-feira em Lago Verde


O senador Lobão Filho e candidato a governador pelo PMDB, inicia nesta semana nova incursão ao interior do Maranhão, em companhia dos deputados peemedebistas Arnaldo Melo, candidato a vice-governador e de Gastão Vieira, candidato ao Senado.
Nesta quarta-feira (01), Lobão Filho deverá visitar a cidade de Lago Verde, região do Médio Mearim. O prefeito Raimundo Almeida (PP) já anunciou que fará uma grande recepção para receber a comitiva do candidato a governador do Maranhão e dos deputados Estadual Roberto Costa (PMDB) e Alberto Filho (PMDB)
A escolha pela visita ao município ocorre em uma semana decisiva para as eleições no Maranhão. O prefeito Raimundo Almeida e a coordenação da campanha  do candidato em Lago verde já esta em intensa movimentação para receber Lobão Filho e Gastão Vieira. O ponto do encontro será no Povoado Alto do Fumaça as 16h00min, seguida de uma grande carreata pelas principais ruas da cidade.
Lobão Filho também cumpre agenda política na região nas cidades de Lagoa Grande, Bom Lugar, Conceição do Lago Açu e Bacabal, onde fará um grande comício.
Por Jean Canuto

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Entrevista de Zé Vieira, o deputado, pode complicar candidatura de Patrícia Vieira Esposa


Nem mesmo a presença da direção da TV Mearim e de advogados no estúdio evitaram que durante uma entrevista, por telefone, Zé Vieira aprontasse das suas. Sem papa na língua, como sempre, o deputado federal do PROS negou que houvesse feito um acordo policio/financeiro com o grupo que atualmente administra o município.

Zé Vieira foi entrevistado na manhã desta segunda-feira (28) por Nando Sousa na TV Mearim, emissora de sua propriedade. 

Em várias partes da fala do deputado ele foi enfático ao negar tudo, se mostrou incomodado com o fato de pessoas ligadas a família do prefeito está apoiando o deputado estadual Roberto Costa (PMDB), candidato à reeleição, a quem chamou de “moleque”.

Outra vítima das suas agressões verbais e preconceituosas foi o empresário e odontólogo Dr. Gilberto Lacerda, que por duas vezes Zé Vieira se referiu como "aquele aleijado”, em uma clara demonstração que menospreza pessoas com defeito ou mutilação física.

Quanto as especulações em torno da união, o deputado responsabilizou um determinado mototaxista "gente baixa".

Outro ponto que deve ser destacado e analisado com atenção pela Justiça Eleitoral é o fato do deputado ter insinuado várias vezes que sua esposa, candidata a deputada estadual, lidera pesquisas e vai ser eleita. Conduta ilícita, já que de acordo com a Resolução 23.404 do Tribunal Superior Eleitoral que dispõe sobre propaganda eleitoral e condutas ilícitas em campanha eleitoral nas Eleições de 2014, está vedado desde 1º de julho desse ano às emissoras de rádio e televisão dar tratamento privilegiado a candidato, partido político ou coligação, mesmo que dissimuladamente.

Antes que as coisas piorassem o apresentador foi orientado a interromper o deputado e encerrar a entrevista. OUÇA ABAIXO.

sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Prefeitura realiza evento em comemoração ao dia do Idoso em Lago Verde


A Prefeitura de Lago Verde, através da Secretaria de Assistência Social realizou hoje, dia 26, uma confraternização em comemoração ao Dia do Idoso, no Centro de Convivência dos Idosos. A programação teve início às 08h00min, com atividades físicas e um café da manhã. Às 9h foi realizada a abertura oficial, com a presença de Secretários Municipais, e demais autoridades. Seguida de apresentações culturais, homenagens, e danças que animaram cerca de 100 idosos, que participam de Conviver do município.


A Coordenadora do Centro de Convivência dos Idosos, Maria Cláudia Lucena disse que atividades como estas melhoram o desempenho dos nossos idosos, e que a Prefeitura Municipal na pessoa do senhor Raimundo Almeida, tem dado todo suporte para o bom funcionamento do Conviver, que é um direito do Idoso e que está sendo respeitado em Lago verde.

Dia do Idoso

A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de qualificar a vida dos mais velhos, com saúde e integração social. O surgimento nasceu devido a uma Assembléia Mundial sobre envelhecimento, realizada em Viena, na Áustria, em 1982

Lago em Foco

Lobão Filho vem pra Lago Verde dia 01 de Outubro

Por Jean Canuto

Imagem: Lobão Filho em caminhada na cidade de Matões

O candidato ao governo do Maranhão pela Coligação: Pra frente Maranhão, Lobão Filho (15) estará na região do Médio Mearim dia 01 de Outubro em maratona para intensificar ainda mais a reta final de campanha.

Lobão Filho começará a sua caminhada na cidade de Lagoa Grande  e finalizará com um grande comício em Bacabal.

As 17h00min, o candidato pelo PMDB estará em Lago Verde, onde será recebido pelo prefeito Raimundo Almeida, vereadores, lideranças comunitárias e sociais, além de todo o grupo liderado por Almeida e populares em geral. Na oportunidade será realizada uma grande carreata pelas principais ruas da cidade.

Veja toda agenda da Coligação de Lobão Filho (15) Pra Frente. Maranhão no dia 01 de outubro

09h00-  Caminhada em Lagoa Grande.

11h30 -  Caminhada em Bom Lugar

15h00 - Caminhada em  Conceição do Lago Açu

17h00 - Carreata em Lago Verde


20h00- Comício em Bacabal.

Doleiro delata mais políticos envolvidos em corrupção

O Globo
image
Na primeira conversa que teve com investigadores da Operação Lava-Jato depois de fazer acordo de delação premiada, o doleiro Alberto Youssef abriu o jogo e confessou ter feito caixa dois, movimentação não declarada de dinheiro, para o PP (Partido Progressista). Numa demonstração de que está mesmo disposto a colaborar com a Justiça, Youssef citou nomes já delatados pelo ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e fez referências a outros políticos que não teriam sido mencionados até o momento no escândalo da Operação Lava-Jato, segundo revelou ao GLOBO um dos investigadores.
DEPOIMENTO SEGUNDA
Youssef denunciou fraudes e indicou os supostos envolvidos na Petrobras e em outras áreas da administração pública ao acertar as cláusulas do acordo de delação premiada assinado com o Ministério Público Federal, na quarta-feira. A série de depoimentos formais da delação só começa na próxima segunda-feira.
No primeiro encontro com a força-tarefa do MP, o doleiro fez uma explanação geral das irregularidades que pode denunciar e mencionou nomes de políticos, operadores de alguns partidos (e não apenas do PP), e contratos supostamente fraudados.
A base do acordo é a produtividade. Quanto maior o volume de informações seguras oferecidas pelo doleiro, maior será a redução de suas futuras punições. Parte das informações fornecidas pelo doleiro coincide com relatos de Paulo Roberto Costa. Pelas investigações do Ministério Público Federal e da PF, os dois fizeram vários negócios em conjunto. Costa fazia a intermediação dos contratos. Youssef se encarregava da lavagem do dinheiro. Mas já está claro para os investigadores que eles tinham também negócios em separado.
Ao final da série de depoimentos, os investigadores deverão confrontar as informações do doleiro e do ex-diretor. Se for necessário, os dois serão submetidos a uma acareação. Youssef prometeu também apresentar provas ou, em alguns casos, indicar como cada informação poderia ser checada. O doleiro decidiu fazer acordo de delação depois de passar seis meses preso na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba. Segundo advogados, Youssef não suportou a pressão da família.
Ele também se viu sem saída depois que Costa e pelo menos mais quatro outros cúmplices decidiram colaborar com a Justiça e contar detalhes dos negócios dele. Entre os colaboradores que entregaram parte dos segredos do doleiro está a contadora Meire Poza e o advogado Carlos Alberto Pereira, ex-administrador da GFD Investimentos, uma das principais empresas de Youssef.
— Ele estava cercado de delatores — disse o advogado Antônio Figueiredo Basto, ao explicar a decisão de Youssef pelo acordo de delação premiada,

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

22 Candidatos a deputados Estadual da Coligação de Lobão Filho Poderão Ter Seus Registros Cassados Pelo TSE


Luciana Lóssio foi relatora em um caso ocorrido em Goiás, onde 51 candidatos tiveram suas chances de disputar a eleição 'derrubadas' no TSE


É de total desespero a situação de todos os candidatos a deputado estadual pela coligação lobina ‘Pra Frente Maranhão 2′, composta por oito partidos – PMDB, DEM, PTB, PV, PTdoB, PSC, PRTB, PR -, e com a possibilidade de fazer o maior número de parlamentares nesta eleição.
Desde a noite dessa terça-feira (23), após o ATUAL7 revelar o motivo que levou o segundo suplente de Gastão Vieira ao Senado Federal, Remi Ribeiro, a passar mal e sofrer um infarto no último fim de semana, dezenas de deputados e candidatos favoritos ao pleito de outubro próximo começaram a disparar ligações para suas bases e advogados. Motivo: uma irregularidade em três candidaturas femininas para cumprir a cota por sexo, estabelecida pela Lei nº 9.5054/97, a Lei das Eleições, colocou em risco real a candidatura desses caciques e filhotes do poder, que aguardavam apenas a abertura das urnas por ‘já estarem eleitos’.
Inicialmente, houve uma confusão quanto ao número de partidos – e por conseguinte o número de candidatos favoritos – que estão na guilhotina, porém uma reportagem da TV Senado, em que a ministra o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luciana Lóssio, explica como a inobservância dos percentuais femininos de candidaturas poderá ter, como punição ao seu descumprimento, a ‘queda da chapa’, ou seja, a exclusão da corrida eleitoral de todos os componentes do grupo, trouxe luz ao debate.
Reportagem da TV Senado mostra ministra relatando posicionamento do TSE para casos como o ocorrido na coligação 'Pra Frente Maranhão'. Foto: Youtube
AGORA SÓ EM 2018 Reportagem da TV Senado mostra ministra relatando posicionamento do TSE para casos como o ocorrido na coligação ‘Pra Frente Maranhão’. Foto: Youtube
Relatora de um caso semelhante ao ocorrido do Maranhão, Lóssio foi quem tirou a chance de 51 raposas do Estado de Goiás se candidatarem nas eleições deste ano. Formada por seis partidos — PEN, PSL, PTC, PHS, PMN e PV — a coligação Unidos por Goiás acabou sendo ‘derrubada’ pela Justiça Eleitoral por não obedecer à imposição legal de ter pelo menos 30% de candidatos do sexo feminino. Para que se tenha uma ideia do rigor no cumprimento da Lei, antes de ser negado pela ministra Luciana Lóssio, a coligação já havia perdido o processo na primeira instância, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Goiás.
Segundo um especialista maranhense em Direito Eleitoral consultado pelo ATUAL7, qualquer coligação, candidato ou o Ministério Público Eleitoral (MPE) do Maranhão poderá entrar no TSE com um Recurso Contra Expedição de Diploma (RCED) ou uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) contra os candidatos da coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′. Ainda de acordo com o especialista, como o ‘chapão’ perdeu o prazo para resolver o problema criado por Remi Ribeiro, a probabilidade de vitória no plenário da Corte é, praticamente, abaixo de zero.
O ATUAL7 tentou contato, por telefone, com o presidente Estadual do PMDB, para comentar sobre a irregularidade na coligação, e com o telefone indicado na página do PMDB/MA, mas não obteve retorno.
Abaixo a lista de 22 candidatos favoritos à eleição e reeleição – dos 101 candidatos da coligação ‘Pra Frente Maranhão 2′ – que devem começar a pensar na Assembleia Legislativa do Maranhão só nas eleições de 2018, e o vídeo em que que a ministra do TSE se posiciona de forma contundente sobre o não cumprimento da cota de candidatos do sexo feminino:
  1. Afonso Manoel (PMDB)
  2. Andréa Murad (PMDB)
  3. Hélio Soares (PMDB)
  4. Max Barros (PMDB)
  5. Nina Melo (PMDB)
  6. Roberto Costa (PMDB)
  7. Socorro Waquim (PMDB)
  8. Adriano Sarney (PV)
  9. Hemetério Weba (PV)
  10. Edilázio Júnior (PV)
  11. Rigo Teles (PV)
  12. Antônio Pereira (DEM)
  13. César Pires (DEM)
  14. Manoel Ribeiro (PTB)
  15. Léo Cunha (PSC)
  16. Rogério Cafeteira (PSC)
  17. Fábio Braga (PTdoB)
  18. Carlos Filho (PRTB)
  19. Stênio Rezende (PRTB)
  20. Camilo Figueiredo (PR)
  21. Josimar da BR (PR)
  22. Vinícius Louro (PR)

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Campanha Eleitoral de 2014 Se Torna Individualizada no Maranhão

Esta raro ver nesta campanha eleitoral algum candidato a deputado estadual ou federal empenhado na campanha dos seus candidatos a governador, senador ou presidente.

Na campanha politica de 2014 está um Deus nos acuda ou seja cada um faça por si, acreditamos que os candidatos proporcionais estão mesmo preocupados apenas com suas campanhas ficando as demais por conta de cada candidato.

Mesmo no inferno da poluição sonora promovido pelos carros de som dos candidatos é extremamente raro ouvir-se ou ver-si músicas dos candidatos majoritários.

O TRE do Maranhão recebeu registro de 584 candidatos a deputado estadual e 278 candidatos a deputado federal, é muito estranho este jogo de corpo mole em torno das candidaturas majoritárias, outro fato que nos chama atenção é o grande numero de candidatos a deputados estadual de um determinado lado fazendo dobradinha eleitoral com candidatos de outros partidos ou coligações, é no minimo escandaloso e imoral este tipo de atitude já que a legislação eleitoral pretende coibir a infidelidade partidária.

domingo, 14 de setembro de 2014

Deputado Zé Vieira é o parlamentar do Maranhão campeão em processos na Justiça estadual e federal

                Acompanhe o Blog do Luiz Carlos no Twitter ™ e Facebook
Informações denuncias e vídeos ao Blog do Luiz Carlos  ser enviados por e-mail: luizcarlosbacabal2008@hotmal.com ou pelo  whatsApp  (99) 9935-3599 (99) 9935-9005 e (99) 8128-5510 tim
O jornal O Imparcial, edição de domingo (14), traz uma matéria produzida pelos jornalistas Diego Emir e Glaucione Pedrozo sobre os deputados federais maranhenses que respondem a processos na Justiça em âmbito federal e estadual.

Segundo levantamento que fizeram, os deputados são de oito partidos diferentes, representam diversas regiões do estado. Cinco ocupam cargos de liderança e vice-liderança no Congresso. Um deles já foi Ministro do Turismo, outro concorre ao cargo de vice-governador do Maranhão e outros cinco disputam a reeleição. Em comum, têm o mandato que exercem na Câmara Federal e os processos a que respondem no Supremo Tribunal Federal (STF), Tribunal Regional Federal (TRF), Tribunal de Justiça (TJ) e Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Eles representam quase metade da bancada maranhense no Legislativo federal, cujos nomes O Imparcial revela.

Juntos, eles são alvos de 35 investigações no judiciário brasileiro, segundo aponta a ONG transparência.org.br.

Entre esses 8 parlamentares, três respondem a pelo menos quatro processos. O campeão nessa lista é o ex-prefeito de Bacabal, presidente do PROS e hoje deputado federal Zé Vieira, com 17 denúncias. Depois dele, vêm os deputados Weverton Rocha (PDT), com nove investigações em curso, seguido por Waldir Maranhão (PP) com quatro processos e os demais possuem uma ou duas investigações.

Entre os líderes e vice-líderes dos blocos parlamentares na Câmara Federal estão: Sarney Filho, líder do PV; Waldir Maranhão, vice-líder do bloco parlamentar PP-PROS; Lourival Mendes, vice-líder do bloco parlamentar PTdoB-PRP-PR; Weverton Rocha, vice-líder do governo e vice-líder do PDT e Cléber Verde, vice-líder do PRB, todos alvos de investigações.

Ficha Limpa

O juiz Márlon Reis, um dos autores da Lei da Ficha Limpa e líder do Movimento de Combate a Corrupção Eleitoral, foi convidado para comentar a relação de deputados com processos judiciais. Ele afirmou: “Nestes casos, o eleitor deve usar a sua cautela e recusar voto a quem apresenta sinais de improbidade. Não é conveniente que os lideres políticos sejam selecionados entre clientes da Justiça Criminal. O eleitor é o maior de todos os juízes eleitorais”.

Deputados se defendem das acusações

O Imparcial procurou cada deputado, para que todos tivessem o seu direito de defesa garantido. Os meios buscados foram contato telefônico do gabinete, celulares particulares, assessores e e-mails, porém mais metade se recusou a prestar esclarecimentos.

Zé Vieira, ex-prefeito de Bacabal

Zé Vieira o campeão de processos no estado é presidente do PROS no Maranhão e considerado “ficha suja” pela Justiça Eleitoral, está no fim do seu mandato e não disputará mais reeleição, afinal está impossibilitado juridicamente. O ex-prefeito de Bacabal já foi condenado no Tribunal de Justiça do Maranhão por improbidade administrativa e ainda é alvo de ação civil por dano ao erário público. No Tribunal de Contas do Estado e da União, ele tem suas contas reprovadas.

No Supremo Tribunal de Justiça tramita um processo por conta de assinatura de convênios irregulares e aplicações de recursos de forma indevida e no Tribunal Regional Federal, correm processos por conta de dano ao erário público e enriquecimento ilícito. O parlamentar foi procurado de forma insistente para responder a acusações, porém sua assessoria disse que não tinha autorização para falar em nome do deputado e Zé Vieira se encontrava na fazenda dele em Bacabal, não possuindo sinal de celular para que ele pudesse retornar. Sua mulher, a candidata a deputada estadual Patrícia Vieira (PROS), ainda foi procurada, mas também não atendeu as ligações.

Processos que responde 

ZÉ VIEIRA (PROS)

TJ-MA Comarca de Bacabal - Processo Nº 279-56.2003.8.10.0024

Foi condenado por improbidade administrativa. Justiça determinou o ressarcimento aos cofres do município, suspensão dos direitos políticos e proibição de contratar com o poder público, assim como de receber incentivos fiscais e creditícios enquanto persistirem os efeitos da decisão. 
A decisão foi mantida na segunda instância: TJ-MA - Apelação Nº 0381342010. 
O parlamentar recorre no STJ: Recurso especial Nº 1407199/2013
Foi responsabilizado por irregularidades em convênios e aplicação de recursos e teve contas reprovadas: TCU - Acórdão Nº 3577/2009
TCU - Acórdão nº 3282/ 2010 
Parlamentar recorreu, mas a decisão foi mantida: TCU - Acórdão Nº 1289/2011
TCU - Acórdão Nº 2679/ 2010 
TCU - Acórdão nº 749/ 2010
Parlamentar recorreu, mas a decisão foi mantida: TCU - Acórdão Nº 1772/2012 TCU - Acórdão nº 5659/2010 
Parlamentar recorreu, mas a decisão foi mantida: TCU - Acórdão Nº 1290/2011 
TCU - Acórdão Nº 1918/2008 (Teve o nome incluído no TCU - Cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares). Recorreu da decisão que foi mantida: 
TCU - Acórdão Nº 6134/2009 TCU - Acórdão Nº 801/2008 (Teve o nome incluído no TCU - Cadastro de responsáveis com contas julgadas irregulares). Recorreu da decisão, que foi mantida, mas com alterações no valor da multa aplicada: TCU - Acórdão Nº 6578/2009 
TCE-MA - Processo Nº 2600/1999 
TCE-MA - Processo Nº 3276/2005 
TJ-MA Comarca de Bacabal - Processo Nº 1771-15.2005.8.10.0024 - É alvo de ação civil pública movida pelo Ministério Público Estadual.
TJ-MA Comarca de Bacabal - Processo Nº1535-82.2013.8.10.0024 - É alvo de ação penal movida pelo Município de Bacabal por dano ao erário. 
TRF-1 - Ação Civil Nº 0007235-06.2003.4.01.3700 (enriquecimento ilícito) 
TRF-1 - Ação Civil Nº 0005044-41.2010.4.01.3700 (dano ao erário) 
TRF-1 - Ação Civil Nº 0000628-30.2010.4.01.3700 (dano ao erário)
TRF-1 - Ação Civil Nº 0004837-42.2010.4.01.3700 
TRF-1 - Ação Civil Nº0000218-55.2013.4.01.3703 (prestação de contas)
EM TEMPO: Ainda de acordo com a matéria, os representantes maranhenses na Câmara Federal que não possuem processos são: Pinto Itamaraty (PSDB), Simplício Araújo (SD), Professor Sétimo (PMDB), Alberto Filho (PMDB), Davi Alves (PR), Gastão Vieira (PMDB) e Hélio Santos (PSDB).

sábado, 13 de setembro de 2014

Prefeito Raimundo Almeida mostra prestígio com a população e promove a maior carreata do Médio Mearim, prefeito apresenta Alberto Filho e Roberto Costa como seus candidatos em Lago Verde

Mais uma vez milhares de pessoas continuam irmanados e ombreados com o prefeito Raimundo Almeida.

Hoje sábado (13) a população invadiu as ruas em passeata com um único objetivo: A reeleição dos deputados Alberto Filho para a câmara federal e Roberto Costa para a assembléia legislativa do Maranhão.

Em um discurso caloroso o atual prefeito pediu aos lagoverdense mais uma oportunidade e que assim votassem nos seus candidatos.

Em ato de respeito pela população o atual gestor presta contas em via pública dos seus 5 anos de mandatos, várias conquistas foi citada pelo líder político entre as quais 100% de tudo que existe aqui foi trazido ou reivindicado pela dupla de deputados, o gestor fez referências aos amigos e reforçou o pedido de apoio para o candidatos Lobão Filho governador, Gastão Vieira senador e Dilma Presidente.
Além dos vereadores os deputados também usaram da palavra reafirmando o seu compromisso com Lago Verde e o restante do estado do Maranhão.

Vale lembrar que são muitas as conquistas e realizações trazidas para Lago Verde.

Obrigado deputados Alberto Filho e Roberto Costa pontua o vereador presidente da câmara: Burrego.